Blog Católico, para os Católicos

"Uma vez que, como todos os fiéis, são encarregados por Deus do apostolado em virtude do Batismo e da Confirmação, os leigos têm a OBRIGAÇÃO e o DIREITO, individualmente ou agrupados em associações, de trabalhar para que a mensagem divina da salvação seja conhecida e recebida por todos os homens e por toda a terra; esta obrigação é ainda mais presente se levarmos em conta que é somente através deles que os homens podem ouvir o Evangelho e conhecer a Cristo. Nas comunidades eclesiais, a ação deles é tão necessária que, sem ela, o apostolado dos pastores não pode, o mais das vezes, obter seu pleno efeito" (S.S. o Papa Pio XII, Discurso de 20 de fevereiro de 1946: citado por João Paulo II, CL 9; cfr. Catecismo da Igreja Católica, n. 900).

segunda-feira, 1 de junho de 2015

As Inesgotáveis Riquezas do Sagrado Coração de Jesus (Ensaio em fase de conclusão) 2



Pequeno Ofício
do Sagrado Coração de Jesus

Matinas – Humildade



V. Abri, Senhor, os meus lábios.

R. Para anunciar os louvores do Coração de Jesus.



V. Ó Deus, vinde em meu auxílio.

R. Senhor, apressai-Vos em me socorrer.



Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo; assim como era no Princípio, agora e sempre, e por todos os séculos dos séculos. Amém.



Invitatório



Seja-nos permitido, ó Jesus, descobrir os Mistérios do Vosso Amor e penetrar no íntimo de Vosso Coração.



Ant. Eis a Chaga de Meu lado para nela fazeres tua morada atual e perpétua. A abertura lhe é estreita; é preciso ser pequeno e despojado de tudo para aqui poder entrar.



Hino



Eu compreendo, ó Jesus; para ganhar a amizade de Vosso Divino Coração, é preciso que sejamos mansos e humildes, mas com uma verdadeira humildade, que nos torne submissos a todos, e nos faça sofrer em silêncio as mortificações e as humilhações sem nos desculparmos nem nos queixarmos, e pensando sempre que merecemos muito mais.



É preciso, sobretudo, conformar nossa vida com a Vossa no Santíssimo Sacramento do Altar, vida completamente oculta e aniquilada aos olhos dos homens.



Ó Jesus, eu aceito todas as humilhações que Vos aprouver enviar-me, pois que até é o caminho mais curto para me unir a Vós.



V. Doce Coração de Jesus, sede o meu amor. (300 dias)

R. Jesus, manso e humilde de Coração, fazei o meu coração semelhante ao Vosso. (300 dias)



Oração



Senhor Jesus, que por novo benefício, Vos dignastes de abrir à Vossa Igreja as riquezas inefáveis de Vosso Coração, fazei que possamos retribuir amor com amor a este Coração adorável e, por dignas homenagens, reparar os ultrajes com que a ingratidão dos homens não cessa de O afligir.



V. As almas dos Fiéis defuntos repousem em paz.

R. Pela misericórdia divina. Amém.



Laudes – Abandono



V. Ó Deus, vinde em meu auxílio.

R. Senhor, apressai-Vos em me socorrer.



Glória ao Pai...



Ant. Abandona-te à Minha vontade e deixa-Me cumprir Meus desígnios sem te preocupares com o que há de acontecer. Uma filha tão amada como Eu te amo, poderá perecer nos braços de um Pai que é Onipotente?



Hino



Eis-me aqui, meu doce Salvador! Fazei que eu seja sempre disposto, por puro amor a Vós, a fazer tudo e sofrer tudo no silêncio de uma alma perfeitamente abandonada à Vossa amorosa Providência.



Ó meu Deus! Sim, Vós me bastais! Fazei por mim e em mim o que mais Vos glorificar, sem nenhuma consideração às minhas satisfações e interesses. Basta-me que estejais contente.



Meu Deus, meu único e meu tudo para mim, e eu todo para Vós.



V. Doce Coração de Jesus, sede o meu amor. (300 dias)

R. Jesus, manso e humilde de Coração, fazei o meu coração semelhante ao Vosso. (300 dias)



Oração



Senhor Jesus, que por novo benefício, Vos dignastes de abrir à Vossa Igreja as riquezas inefáveis de Vosso Coração, fazei que possamos retribuir amor com amor a este Coração adorável e, por dignas homenagens, reparar os ultrajes com que a ingratidão dos homens não cessa de O afligir.



V. As almas dos Fiéis defuntos repousem em paz.

R. Pela misericórdia divina. Amém.



Prima – Consolação



V. Ó Deus, vinde em meu auxílio.

R. Senhor, apressai-Vos em me socorrer.



Glória ao Pai...



Ant. A ingratidão dos homens Me é mais sensível que tudo o que sofri em Minha Paixão. Se Me pagassem com algum amor, pouco Me custaria ter sofrido tanto por eles e quereria, si fosse possível, sofrer ainda mais!



Dá-Me tu, aos menos, esta alegria de reparar a sua ingratidão tanto quanto puderes.



Hino



Ó Coração abrasado e que viveis de amor! Altar da Divina Caridade! Coração que ardeis em amor para com Deus e para comigo, eu Vos adoro, Vos amo, me sinto penetrado do mais profundo respeito e amor para conVosco, e me uno às Vossas santas disposições. Eu quero, sim, quero abrasar-me em Vosso fogo e viver de Vossa Vida; e de todo o meu coração preferiria sofrer e morrer antes que Vos desagradar.



Ó Coração Divino, eu me uno a Vós e me abismo em Vós. Eu já não quero viver senão de Vós e para Vós. Assim todo o meu emprego será ficar em silêncio e em respeito, aniquilado diante de Vós como uma lâmpada acesa que se consome diante do Santíssimo Sacramento. Amar, sofrer e morrer.



V. Doce Coração de Jesus, sede o meu amor. (300 dias)

R. Jesus, manso e humilde de Coração, fazei o meu coração semelhante ao Vosso. (300 dias)



Oração



Senhor Jesus, que por novo benefício, Vos dignastes de abrir à Vossa Igreja as riquezas inefáveis de Vosso Coração, fazei que possamos retribuir amor com amor a este Coração adorável e, por dignas homenagens, reparar os ultrajes com que a ingratidão dos homens não cessa de O afligir.



V. As almas dos Fiéis defuntos repousem em paz.

R. Pela misericórdia divina. Amém.



Terça – Reparação



V. Ó Deus, vinde em meu auxílio.

R. Senhor, apressai-Vos em me socorrer.



Glória ao Pai...



Ant. Dirijo-Me ao coração que Te dei, para que, por seu ardor, repares as injúrias que tenho recebido desses corações tíbios e negligentes, que Me desonram. Essa alma que Te dei, oferece-la-ás a Deus, Meu Pai, para desviar as penas que estas almas infiéis tem merecido... Farás tudo isto pelo Meu povo escolhido...



Hino



Meu doce Jesus, uno minha alma à Vossa, meu coração, meu espírito, minha vida, minhas intenções, às Vossas, e assim unido, me apresento a Vosso Pai.



Recebei-me, ó Pai Eterno, pelos merecimentos de Vosso Divino Filho. Não me olheis senão como escondido em Suas Chagas, coberto com Seu Sangue, ornado com Seus merecimentos. É assim que me apresento a Vós, para que não me afasteis de Vossa Presença e para que me recebais nos braços de Vossa Paternal bondade e me concedais a Graça da salvação.



Eterno Pai! Recebei, em sacrifício de propiciação pelas necessidades da Igreja e em reparação dos pecados dos homens, o Preciosíssimo Sangue e Água saídos do Coração ferido de Jesus, e tende misericórdia de nós” (80 dias).



V. Doce Coração de Jesus, sede o meu amor. (300 dias)

R. Jesus, manso e humilde de Coração, fazei o meu coração semelhante ao Vosso. (300 dias)



Oração



Senhor Jesus, que por novo benefício, Vos dignastes de abrir à Vossa Igreja as riquezas inefáveis de Vosso Coração, fazei que possamos retribuir amor com amor a este Coração adorável e, por dignas homenagens, reparar os ultrajes com que a ingratidão dos homens não cessa de O afligir.



V. As almas dos Fiéis defuntos repousem em paz.

R. Pela misericórdia divina. Amém.



Sexta – Imolação



V. Ó Deus, vinde em meu auxílio.

R. Senhor, apressai-Vos em me socorrer.



Glória ao Pai...



Ant. Eu procuro uma vítima para o Meu Coração, a qual queira sacrificar-se como uma hóstia de imolação para cumprir os Meus desígnios. Meu filho, queres dar-Me o teu coração para nele fazer repousar o Meu Amor, que todos desprezam?



Hino



Meu Senhor, eu sou Vosso, fazei de mim o que Vos aprouver: mas sabeis que as vítimas devem ser inocentes, e eu sou criminoso!...



Contudo, meu Jesus, que eu viva e morra vítima de Vosso Sagrado Coração, por um amargo desgosto de tudo o que não sois Vós; vítima de Vossa Santa Alma, por todas as angústias de que a minha é capaz; vítima do Vosso Corpo, pelo afastamento de tudo o que pode satisfazer ao meu, e pela aversão a uma carne criminosa e maldita!



V. Doce Coração de Jesus, sede o meu amor. (300 dias)

R. Jesus, manso e humilde de Coração, fazei o meu coração semelhante ao Vosso. (300 dias)



Oração



Senhor Jesus, que por novo benefício, Vos dignastes de abrir à Vossa Igreja as riquezas inefáveis de Vosso Coração, fazei que possamos retribuir amor com amor a este Coração adorável e, por dignas homenagens, reparar os ultrajes com que a ingratidão dos homens não cessa de O afligir.



V. As almas dos Fiéis defuntos repousem em paz.

R. Pela misericórdia divina. Amém.



Noa – Comunhão



V. Ó Deus, vinde em meu auxílio.

R. Senhor, apressai-Vos em me socorrer.



Glória ao Pai...



Ant. Tu Me receberás pela comunhão, e, tendo-Me colocado no trono de teu coração, Me adorarás prostrando-te a Meus pés... Tenho tanto prazer em ser desejado no Sacramento de Meu Amor que, quantas vezes um coração forma este desejo, outras tantas olharei para ele amorosamente, para o atrair a Mim.



Hino



Ó Bondade inefável! Poderia eu crer nesta maravilha, se não me fosse afirmada por Vós? Ó Deus de Majestade, mas Deus de amor, não ser eu todo inteligência, para conhecer esta misericórdia, todo coração para sentir, e todo língua para a publicar!



Vinde, pois, ó Vida de meu coração, ó Alma de minha vida, ó único Amparo de minha alma, ó Pão dos Anjos, Encarnado por meu amor, exposto para minha remissão, disposto para meu alimento!



Vinde saciar-me abundantemente; vinde engrandecer-me, fazei-me viver de Vós e em Vós, mas eficazmente, ó minha única Vida e todo o meu Bem.



V. Doce Coração de Jesus, sede o meu amor. (300 dias)

R. Jesus, manso e humilde de Coração, fazei o meu coração semelhante ao Vosso. (300 dias)



Oração



Senhor Jesus, que por novo benefício, Vos dignastes de abrir à Vossa Igreja as riquezas inefáveis de Vosso Coração, fazei que possamos retribuir amor com amor a este Coração adorável e, por dignas homenagens, reparar os ultrajes com que a ingratidão dos homens não cessa de O afligir.



V. As almas dos Fiéis defuntos repousem em paz.

R. Pela misericórdia divina. Amém.



Vésperas – Puro Amor



V. Ó Deus, vinde em meu auxílio.

R. Senhor, apressai-Vos em me socorrer.



Glória ao Pai...



Ant. Vê, meu filho, se acharás um pai ferido de amor por seu filho único, o qual lhe tenha dado tantas provas do seu amor, como Eu te tenho dado do Meu. Dizei-Me que maior prova desejas de Meu Amor, e a te darei.



Hino



Ó amoroso Coração de Nosso Senhor Jesus Cristo! Ó Coração, que tocais os corações mais duros do que a pedra, que abraçais os espíritos mais frios do que o gelo, e comoveis as entranhas mais impenetráveis do que o diamante. Feri, pois, ó meu amável Salvador, o meu coração com as Vossas Chagas, e inebriai a minha alma com o Vosso Sangue, de sorte que, para qualquer lado que me volte, não possa ver senão o meu Divino Crucificado, e que tudo o que veja me pareça tinto em Seu Sangue.



Ó meu Jesus, fazei que o meu coração não repouse enquanto não Vos encontrar a Vós, que Sois o Seu Centro, o Seu Amor, a Sua Felicidade. Meu Jesus, eu Vos amo, não pelas recompensas que prometeis, mas, puramente por amor de Vós.



V. Doce Coração de Jesus, sede o meu amor. (300 dias)

R. Jesus, manso e humilde de Coração, fazei o meu coração semelhante ao Vosso. (300 dias)



Oração



Senhor Jesus, que por novo benefício, Vos dignastes de abrir à Vossa Igreja as riquezas inefáveis de Vosso Coração, fazei que possamos retribuir amor com amor a este Coração adorável e, por dignas homenagens, reparar os ultrajes com que a ingratidão dos homens não cessa de O afligir.



V. As almas dos Fiéis defuntos repousem em paz.

R. Pela misericórdia divina. Amém.



Completas – Intercessão



V. Ó Deus, vinde em meu auxílio.

R. Senhor, apressai-Vos em me socorrer.



Glória ao Pai...



Ant. Eu quero servir-Me de teu coração como de um canal para derramar as Minhas graças, segundos os Meus desígnios, nas almas... Tu Me oferecerás ao Meu Pai para solicitar-lhe a misericórdia: uma alma justa pode obter perdão para mil criminosos.



Hino



Eu Vos adoro, meu Salvador, com um espírito de verdadeira humildade, e Vos ofereço à Vosso Pai em expiação de meus pecados e dos pecados de toda a humanidade.



Sim, ó meu Deus, eu Vos ofereço o merecimento infinito do Sacrifício do Corpo e do Sangue precioso de meu Salvador em satisfação de meus pecados e pela conversão dos infiéis e pecadores, pelo alívio das almas dos aflitos e por todos os necessitados.



Eu Vos recomendo ainda, as almas agonizantes, a exaltação da Santa Igreja, o nosso Santo Padre, o Papa, o Brasil, e todos os príncipes cristãos, e, finalmente, me uno a todas as intenções que tivestes instituindo este Santo Sacramento, suplicando-Vos que apliqueis seu merecimento por todas estas intenções, e também o de todos os Sacrifícios que se celebram na Santa Igreja. Amém!



V. Doce Coração de Jesus, sede o meu amor. (300 dias)

R. Jesus, manso e humilde de Coração, fazei o meu coração semelhante ao Vosso. (300 dias)



Oração



Senhor Jesus, que por novo benefício, Vos dignastes de abrir à Vossa Igreja as riquezas inefáveis de Vosso Coração, fazei que possamos retribuir amor com amor a este Coração adorável e, por dignas homenagens, reparar os ultrajes com que a ingratidão dos homens não cessa de O afligir.



V. As almas dos Fiéis defuntos repousem em paz.

R. Pela misericórdia divina. Amém.


Nenhum comentário:

Redes Sociais

Continue Acessando

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...