Blog Católico, para os Católicos

"Uma vez que, como todos os fiéis, são encarregados por Deus do apostolado em virtude do Batismo e da Confirmação, os leigos têm a OBRIGAÇÃO e o DIREITO, individualmente ou agrupados em associações, de trabalhar para que a mensagem divina da salvação seja conhecida e recebida por todos os homens e por toda a terra; esta obrigação é ainda mais presente se levarmos em conta que é somente através deles que os homens podem ouvir o Evangelho e conhecer a Cristo. Nas comunidades eclesiais, a ação deles é tão necessária que, sem ela, o apostolado dos pastores não pode, o mais das vezes, obter seu pleno efeito" (S.S. o Papa Pio XII, Discurso de 20 de fevereiro de 1946: citado por João Paulo II, CL 9; cfr. Catecismo da Igreja Católica, n. 900).

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Contra a Faceirice provocante das Mulheres


"Em nome de que, poderemos excluir uma moça da classe das mulheres perdi­das e de seu convívio, se o seu proceder é igual ao delas, se abusa, como elas, do cora­ção dos jovens, se rivaliza com elas em petulância e despudor, se ma­nipula os mesmos venenos, enche as mesmas taças, prepara a mesma cicuta? Ela não diz, certamente: 'Vem, embriaguemo-nos de amor'(Prov. 7, 18), nem 'Perfumei a minha cama com mirra, aloés e cina­momo'(Prov. 7, 17). Oxalá fosse realmente a tua cama, e não as tuas vestes e o teu corpo! As mulheres perdidas escondem suas seduções na sua morada; tu, vais por toda a parte armando ciladas, passeias pela praça pública dando rédeas soltas à volúpia. Mas se nada disseste, se não profe­riste como a prostituta: 'Vem, embriaguemo-nos de amor', se não o fizeste com os teus lábios, fizeste-o com as tuas atitudes; tua boca não disse nada, mas teu andar falou; tua voz não chamou, mas teus olhos chamaram com mais clareza que a voz.

Se, depois de teres chamado, não te deste, não estás por isto isenta de cul­pa. tra­ta-se de uma fornicação de outra espécie. Permaneceste pura corporalmen­te, mas não quanto à alma; a falta foi por ti consumada inteiramente, senão pelos contatos carnais, pelo menos pelos olhares. E, diz-me, por que chamas os passan­tes? Por que acendes a chama do desejo? Como julgas estar pura de pecado, se és a causa de que ele seja intei­ramente cometido? Daquele que se deixou levar pe­las tuas artimanhas, fizeste um perfeito adúltero; como, pois, se tua obra está ma­culada pelo adultério, não serias tu mesma adúl­tera?"(São João Crisóstomo, "As Mulheres Consagradas a Deus não Devem habitar com ho­mens, 1"; sermão coletado da obra "O Esplendor Cristão - São João Crisósto­mo", Vol. I, Part. II, Cap. II − A Sensualida­de, pp. 63-64, 1978, da Fundação S. João Crisóstomo, Rio de Janeiro, 1978).

Fonte: Acessar o ensaio "Reminiscência sobre a Modéstia no Vestir" no link "Meus Documentos - Lista de Livros".

Nenhum comentário:

Redes Sociais

Continue Acessando

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...